segunda-feira, 11 de maio de 2009

Um abraço e boa semana a todos os que me visitam..

Janela para o infinito
Aberta de par em par
Entra nela o sol e a lua
E a vontade de ser tua
Ao som das ondas do mar
Colcha de conchas de prata
Bordada no areal
Onde em lençóis de carinho
Adormeço de mansinho
Num abraço intemporal
No desejo de uma boa semana a todos os que me visitam deixo a cada um uma flor e um abraço..Ell

21 comentários:

Bela disse...

Obrigado pelo carinho que deixou no meu modesto blog. Espero a sua visita. Um beijo

Osvaldo disse...

Olá Ell;

Obrigado pelos votos de boa semana, mas não poderia deixar de elogiar este teu belo poema que é um hino aos sentimentos e à ternura.

bjs
Osvaldo

Laura disse...

Uau, só queria ter algo asism, para poder escrever poemas de amor verdadeiro, mas, não o sentindo, não o invento, porque com o amor, não brinco... escrevo, tenho tantos guardados que nunca verão a luz do dia...porque o amor ainda não está em mim...o que tenho nem serve para amostra de amor...Sê feliz, sempre. laura..

Bichodeconta disse...

Bela.........
Não seja modesta, o seu espaço é muito agradável e criativo..Voltarei lá, acredite..Bjs.
...............................................................
Osvaldo....
A semana só pode ser boa , pelo menos eu como gostaria de viajar, acho que todas as pessoas quando viajam o fazem de muito agrado..Claro que viajar em trabalho ou negócios não é exactamnete a mesma coisa do que viajar em lazer, mas pode sempre conciliar-se um pouco as duas coisas.. Um abraço...
...................................................
Laura...
Ai menina , nem sei o que escrever.. E olha que sou pessoa de palavra fácil, mas deixas-me !!!!!!!!!!!!!!!!!!Assim.Bjs.

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Faça uma lista de grandes amigos,
quem você mais via há dez anos atrás...
Quantos você ainda vê todo dia ?
Quantos você já não encontra mais?
Faça uma lista dos sonhos que tinha...
Quantos você desistiu de sonhar?
Quantos amores jurados pra sempre...
Quantos você conseguiu preservar?
Onde você ainda se reconhece,
na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria?
Quantos amigos você jogou fora...
Quantos mistérios que você sondava,
quantos você conseguiu entender?
Quantos defeitos sanados com o tempo,
era o melhor que havia em você?
Quantas mentiras você condenava,
quantas você teve que cometer ?
Quantas canções que você não cantava,
hoje assobia pra sobreviver ...
Quantos segredos que você guardava,
hoje são bobos ninguém quer saber ...
Quantas pessoas que você amava,
hoje acredita que amam você?
(Oswaldo Montenegro)

Desejo uma semana com muito amor, carinho e saúde
Um grande abraço do amigo
Eduardo Poisl

Pena disse...

Linda Amiga:
A minha doce amiga, é ímpar. Ímpar, pode acreditar...?
Pelo seu talento. Pelas mãos preciosas de ouro que possui. Pelo carácter íntegro e pelo génio poético que a habita.
Escreveu um poema doce. Precioso, com palavras maravilhosas.
São lindas, extraordinárias. Com valor poético ou não. Para mim, são de sonho.

Todo o meu sorriso é para si. Pelo seu valor. Pela linda pessoa que é.
Pelo deslumbre do seu admirável versejar.
Beijinhos de amizade e respeito. Imensos!
Com cordialidade gigante e estupefacção...

pena

Lurdes disse...

É sempre um prazer a leitura de novos posts por aqui. Lindo poema!

Beijinhos

maresia_mar disse...

Olá

já tinha saudades de aqui vir mas ando meio longe da blogosfera.
Beijos

Sofá Amarelo disse...

Levo a flor, levo o abraço e as palavras c-e-r-t-a-s!!!

Que tudo seja intemporal!

Muitos beijinhos, Ell!!!

Ana Martins disse...

Lindo poema, parabéns!

Beijinhos,
Ana Martins

Laura disse...

Bom dia...

Ave da noite
Ave das horas de amar
Que faz da noite
O dia
E do dia
As suas horas
De acarinhar!...

Um beijinho da nina laura.

Bichodeconta disse...

Estes trabalhos por vezes trocam as voltas ao relógio, mas vir aquela hora ao pc é de doida..Até os olhos choram com a luminosidade..E demanhã apetece estar no quentinho..Mas não se pode.. Cá fora o dia acontece indiferente á minha ausencia..Beijinhos..

Laura disse...

Rapariga, adoro o teu poema quando começa e rima que nem amor, as primeiras estrofes, como diaiam os antigos...
Hoje tou que nem dodia com a sobras de cima que, continuam, ai o mê surfista queixa-se que sei lá..Beijinhos.

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Bichaninha

Poema lindérrimo! Ponto de exclamação e aclamação.

Pequeno, sentido, maravilhoso...
um abraço intemporal, minha Amiga.

Como já me visitaste, viste que eu sou mais prosa. Mas, versos como os teus, nem dá pra contá, como dizem os brasucas.

Já me inscrevi teu seguidor. Espero que me faças igual. E vou passar por aqui, tantas vezes quanto possa, juro. Mas, que mais jura, mais...

Noite de tanta doçura
noite negra, noite dura
pra quem um'outra procura
Noite sem fim, peganhenta
noite com sal e pimenta
pintada de peçonhenta.
Obrigado e sem ter mal
...um abraço intemporal

Qjs

Bichodeconta disse...

O Henrique muito obrigada pela visita e pelas palavras de carinho aqui deixadas. Qui nada,só vou escrevendo o que rodopia na cabeça, o que vem do coração..Nada de coisas eruditas,não me arrogo a tanto..Mas gosto de facto de escrever, e é o que faço, pra para mostrar os meus estados de espirito , ora para denunciar(soa tão mal esta palavras)casos do dia a dia que atormentam a sociedade..Roubos feitos das mais variadas formas, o desemprego, a violencia doméstia parta ela de onde partir, os abusos sexuais de crianças e não só..Este espaço uso-o exactamente nesse sentido de divulgar coisas de que gosto muito e outras com as quais qualquer pessoa não concordará..Deixo um abraço e boa semana..

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Minha querida (per)seguidora n.º 160

Mal chegaste à Travessa - ganhaste. Um prémio-mistério - de cunho oriental,a minha mulher Raquel é goesa... - que te quero enviar já.

Para isso preciso do teu endereço de correio e dos teus telefones fixo e móvel - para o caso de qualquer comunicação mais urgente.

Manda para o meu imeile, sff:

hantferreira@gmail.com

Parabéns e qjs

Bichodeconta disse...

Tem graça, minha filha também é Raquel..Como são inteligentes todas as pessoas que conheço com esse nome, inteligentes e não só..Imponentes.. Um abraço boa semana..

*Lisa_B* disse...

Linda amiga
gostei do pequeno poema mas com tudo lá...
é um abraço forte que lhe deixo para esta semana e beijinhos com meu carinho.

Espaço do João disse...

Agradeço e retribuo os votos duma boa semana, a todos sem excepção. Adoro túlipas pois contam entre as flores das minhas preferências. Um beijo amigo. joão

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Então?

Não queres o prémio-mistério. Se não queres, do que tenho pena, diz-me no blogue ou por imeile. Lamentarei.

Mas, se queres, manda-me os dados que te pedi, sff. Obrigado

Qjs

Laura disse...

Janela aberta
De par em par
Assim mantive a minha
E quando a dor chegou
O sol deixou
de lá entrar!...

Um beijinho da laura..