sábado, 23 de maio de 2009

Dia de Pic Nic em Monsanto!!!

São servidos ? Venham daí!
Umas douradas bem grelhadas
no magnifico Parque Nacional de Monsanto
Onde em convívio aberto com a natureza se pode
degustar uma saudável refeição..
Na panela de barro em que o meu pai cozinhava
a sua refeição na herdade das Várzeas
cozem-se as batatas com pele.
Deliciosas..
Irmãs lembram-se desta panela?
Claro que lembram .Era do nosso pai!
De véspera , a pergunta do costume.
Ell, saio ás 8 hs e entro ás 13 hs.
Dava pra almoçarmos juntos!
A resposta adivinha-se, adoro ir a este lugar
com esta companhia, claro!
10 hs e já a Kuka está a chegar ao comando.
Na cesta leva pão caseiro e queijo de
Castelo Branco, um bom vinho tinto, pimentos
batatas,a panela, na geleira vai a fruta e o peixe
que como podem ver fica com um aspecto
óptimo depois de grelhado.Aqui fica o convite..
Há que acentuar que a companhia é
a melhor que alguém pode desejar..
Depois do almoço o merecido descanso
e as 13 hs aproximam-se.. É tão bom
este programa péstinha!
Obrigada porque existes e me deixas habitar
no teu doce coração..Beijos Ell
Não Laurinha, não deu pra dançar
mas deu pra fazer algumas fotos aos esquilos
e ouvir o alegre chilrear da passarada..
Sequestra o Manel e façam um pic nic , ele vai adorar.

34 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos. Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles.

A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor, eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos, enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que não admite a rivalidade. E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos! Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências...

A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem. Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida. Mas, porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o quanto gosto deles. Eles não iriam acreditar.

Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem que estão incluídos na sagrada relação de meus amigos. Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro, embora não declare e não os procure. E às vezes, quando os procuro, noto que eles não tem noção de como me são necessários, de como são indispensáveis ao meu equilíbrio vital, porque eles fazem parte do mundo que eu, tremulamente, construí e se tornaram alicerces do meu encanto pela vida.

Se um deles morrer, eu ficarei torto para um lado. Se todos eles morrerem, eu desabo! Por isso é que, sem que eles saibam, eu rezo pela vida deles. E me envergonho, porque essa minha prece é, em síntese, dirigida ao meu bem estar. Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.

Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles. Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos, cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim, compartilhando daquele prazer...

Se alguma coisa me consome e me envelhece é que a roda furiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado, morando comigo, andando comigo, falando comigo, vivendo comigo, todos os meus amigos, e, principalmente os que só desconfiam ou talvez nunca vão saber que são meus amigos!

Autor: Paulo Santana

Um lindo final de semana!
Abraço

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

A Amizade é...
O mais nobre dos sentimentos,
Cresce à sombra do desinteresse,
Nutre-se brindando-se e floresce
a cada dia com a compreensão.

Seu lugar está junto ao amor
Porque ela é também amor.
Somente os honestos podem
ter amigos, porque à amizade,
o mais leve dos cálculos a fere.

Como é um bem reservado aos
eleitos, é o sentimento mais
incompreendido e o pior interpretado.
Não admite sombras nem fingimentos,
rusticidade nem renúncias.

Exige no entanto sacrifício e coragem,
compreensão e verdade,
VERDADE! acima de todas as coisas.

Com as pequenas coisas
do dia a dia
cresce nossa amizade.
Desejo que sempre seja assim.

(Desconhecido)


Te desejo um final de semana com muitos amigos,amor e paz
Abraços do amigo Eduardo Poisl

Bichodeconta disse...

Sónia..Obrigada minha amiga, fiquei pelo menos na secreta esperança de que esteja entre seus amigos..Boa forma de começar meu dia lendo suas palavras de carinho..Que Deus te ilumine em seus pensamentos humanos.Infelizmente á nossa volta tudo se desumaniza e cai por terra. Um beijinho.Bom final de semana ..Aqui chove, gotas de voda e de amor..

Bichodeconta disse...

Eduardo Pois......
Vc tem ul lugar especial no meu coração.A forma como escreve, sua sensibilidade com tudo o que o rodeia não pode deixar indiferente quem aqui se cruza, embora fisicamente possamos continuar divididos por um Oceano..Bom final de seman e obrigada por me permitir começar o dia desta forma tão agradável..Lendo palavras tão bonitas e bem escritas..

Laura disse...

Ahhh, Ahhhh, deixa-me rir que me caem os dentes, como diza o meu paizinho muito amado, e que fazia destas comidinhas lá em casa dele, já que tem uma casa, quintal, pimentos na horta, na altura deles...
para tua informação, o manel ia a um almoço com os amigos da tropa ou da terra, ja me esqueci do nome, mas, é pertinho da mana.. Disse que ia com um colega, e é tão preocupado, sabendo que a neide vai ao dentista fora daqui e precisa do carro, se ia com o amigo, porque não me deixou a carrinha? ele sabe que tenho de ir ao oculista! ele sabe que gosto de ir às meninas!, ele sabe que gosto de dar aquela voltinha pequenina ou de ir buscar alguma coisa para o almoço, aqui pertinho...saiu as seis da manhã, tudo bem, mas, se não ia na carrinha, para que levou a carrinha até casa do amigo, ou, como sempre, nesse caso, aldrabou e lá vai ele a caminho de tal terra, tão longe que juraria que passa na girassol..e que tal eu ir com ele e ficar na girassol até ao regresso? falta de palavras, farta de palavras vazias? ou ia eu leválo a casa do amigo e o amigo deixava-o aqui...julgas que me ralo? claro que só me ralo por a carrinha não estar aqui...queres que o convide para ficar mudo e quedo e eu a olhar pró monte?? poças...

Que belas fotos e que bem me sabia, mais a vossa companhia...e que bom é amar, que bom é ter quem nos ame também...a minha meiguice, a minha ternura, não têm a quem ser entregues, é isso aí..fica-se com ela toda a cá dentro a sonhar!...Beijinhos Ell e dias bons te desejo na companhia do homem da farda azul...laura

Bichodeconta disse...

Palavras para que minha querida Laura. Eu sei do que estás a falar, não que o tenha lido nos livros, mas porque o senti na pele.Não há pior solidão do que a que se vive acompanhada.. Ter ao nosso lado alguém que entra mudo e sai calado,que só abre a boca para perguntar o que é que visto ou o que é que se come, deita-se na cama e vira-se sem uma palavra de ternura , um beijo e sobretudo quando abre a boca é para entrar mosca ou sair asneira, antes só..Quando estamos sós, ninguém tem obrigação de partilhar connosco o sorriso a conversa, mimo ou o que quer que seja..Se estou com alguém preciso de partilhar ideias, carinho, mimo, uma refilice de quando em vez também dá geito..Por alguma razão te disse um dia que este é o homem que gostaria de ter encontrado no principio da minha vida.. Mas os designios de Deus são grandes e pelos vistos tudo tem um tempo.. E o teu tempo de ser feliz chegará, como chegará o dia de alguém depender do teu amor e te deseje como tu mereces.. Foi muito bom este almoço acredita, é sempre muito bom..como bom é poder falar contigo ainda que á distancia, e abrir o pc e ter aqui este teu bouquet de palavras e sorrisos..Obrigada Laura..Um beijinho do bichodeconta.. Estou triste por o Manel te ter levado o carro, não teve a sensibilidade de pensar para além dos botões dele.. É pena, eu sei o que é estar sem o nosso carro, no meu caso atrevo-me a dizer que o carro é o prolongamento das minhas pernas.. Bom domingo.. vive a vida o melhor que possas, e espera pelo dia D..

SILÊNCIO CULPADO disse...

Onde fica este lugar maravilhoso com tanta amizade e comida de fazer crescer água na boca?
Fica certamente onde há pessoas capazes de sentir o gosto pela autencidade e que privilegiam a amizade.
Em plena era dos Shoppings é tão raro encontrar pessoas assim!...
Abraço

Bichodeconta disse...

SILENCIO CULPADO..
Honestamente acho que este espaço até é melhor por existirem tantos shopins, é que assim a serenidade impera por ali..Só a passarada, os esquilos que vem comer á mão, a paz , Deus e nós..Monsanto..Beijinho e boa semana

Laura disse...

Nina, a terra para onde foi era longe de Óbidos e por siso nem valia a pena, perdia-se o tempo noc aminho...nem lhe disse nada, passou...ele não é mau, é apenas como direi..mais parece desequilibrado..beijinhos.

Laura disse...

Já mandei email como pediste..beijinhos.

Espaço do João disse...

Fizeste-me lembrar a raposa e as uvas:- Não prestam, só os cães as podem tragar...Se conseguisse lá chegar, talvêz petiscasse um pouco, levaria uma garrafita domeu tintol e, aí vai.
Quanto ás flores do meu espaço, grato pelas palavras. Só se faz aquilo que se pode. Podes crer que se não fosse o meu amor pela natureza não me cansava tanto. Já começo a ficar com as costas doloridas, mas um pouco aqui outro ali, lá se vai compondo. Eu também quando morrer não quero ser acompanhado por nenhuma flor, elas não merecem esse sacrifício. Deixem-nas estar sossegadoas porque o crematório não as leva. Um abraço João.

Bichodeconta disse...

Ó João durante o ano nós fazemos ali de quando em vez uma patuscada..Ou porque o homem da farda está a trabalhar e tem um intervalo de duas ou tres horas, aproveitamos e lá vamos fazer um grelhado ou simplesmente passamos numa churrasqueira onde o frango assado é demais e o coelho grelhado não lhe fica atrás. compramos e lá vamos nós..Por vezes ainda dá pra descansar um pouco e quando mal damos por nós temos os esquilos a roer pinhas ao nosso lado.. Chegamos a ir mesmo de propósito, isto para ver o quanto o lugar é agradável..Pode aparecer e com ou sem tintol será sempre bem-vindo..Um abraço, Ell

De Amor e de Terra disse...

Olá minha Menina, venho agradecer a visita, as palavras e sentir o cheirinho que ficou do seu pic-nic.
É bom sim, regressar por algum tempo, mesmo curtinho, ao nosso antigamente e às coisas simples, verdadeiras e saborosas do campo.
Beijos

maria Mamede

Sofá Amarelo disse...

Uma dádiva este teu sentir as coisas boas da Vida e as recordações dos objectos e das sensações de tempos que jamais se apagarão da memória dos dias!

Muitos beijinhos, Ell. Tudo de (muito) bom!!!

Bichodeconta disse...

Ambos sabemos do que falas, a sensação dos afectos, eu diria mesmo a sensação dos sentidos que nos apega á vida..Tal como as mãos da avó ou da mãe que não se esquecem, olhar atento do pai, os raspanetes se necessários..Não, é uma palavras que desagrada ás pessoas, mas é seguramente uma palavras que precisa ser ouvida e que modela a nossa personalidade.. De vez em quando um dia assim é muito bom..Já pensaste se combinarmos atravez do blog uma patuscada num sitio destes?É sucesso garantido.. Pensa nisso.Beijinho..

Chat Gris disse...

Piquenique!! que boa ideia!

Paulo Sempre disse...

Uma panela de barro parece-me ser aqui o objecto materia mais importante. Tenho algumas recoradões deste tipo de panela...
Afinal...um "pic nic" com todos: panela, queijo, pão, vinho e, também, salutar amizade...


Até sempre!!!

Paulo

Maria Faia disse...

Estimada Amiga,
Apesar do silêncio, aqui venho sempre a este cantinho, onde sempre encontrei, de facto, Amizade.
E, porque esse sentimento é verdadeiramente superior a tudo quanto é fútil, aqui deixo um abraço amigo renovado.
AH! A refeição estava excelente.

Maria Faia

Sidney Ramos disse...

Olá amiga Ell:
Fiquei muito feliz com suas palavras e de receber sua nobre visita.
Lá a porta estará sempre aberta e com a sua visita terei sempre uma boa saudade desta terra que não conheço mas amo e é como se um dia estivesse ido ai.
Com certeza e com muita alegria aceito sua amizade.
Agora também venho sempre aqui beber com os olhos e respirar o ar tranqüilo das suas belas passagens, paisagens e poesias.
A palavra aqui vem junto com a riqueza visual das rosas colhidas.
Realmente é um lugar lindo que faz muito bem.
Muito obrigado, volto sempre.
Gostaria muito de receber mais sua animadora visita.
Lá, assim como aqui, tudo também é feito com muito amor e lealdade.
Obrigado, volto sempre!

Laura disse...

Olá nina, hoje postei sobre algo que, diga-se, saiu lindo, lindo, enternecedor, são os meus estados de alma, e, há que aproveitar a onda...de longe nada posso dizer, de eprto não posso falar, e um dia, um dia sim,s e fizerem esse famoso encontro em Lisboa ou aqui, um dia falaremos olhos nos olhos..Beijinhos e as fotos dão uma vontadde de sentar ali no banquito, e, comer tão belo peixinho..jinhos meus..

Bichodeconta disse...

Paulo Sempre...
Exactamente a minha opinião, ali aquela panela tem papel de destaque..Porque era do meu pai e por ser uma peça já em desuso, pelo menos aqui ás portas da cidade.. Eu gosto tanto de te ler paulo, a sério, pela veracidade dos factos e pela forma madura e inteligente com que aborda temas tão importantes do nosso dia a dia e que á maioria dos jovens passa despercebido..Um beijinho e bom final de semana..
..................................................................
Maria Faia...
Amiga ainda bem que a refeição estava boa, era minha intenção deixar-vos deliciados..Acho que também pode acontecer deixar alguém de água na boca, a essas pessoas convido desde já para o próximo almoço no campo..
.......................................................
Sidney Ramos....
Obrigada por me visitar, por se deslocar até ao meu modesto espaço.Não é poesia, não é prosa, é uma manta de retalhos com o meu dia a dia..Awui encontra meus estados de alma, minhas preocupações que giram á volta dos que me rodeiam e sobre as atrocidades sofridas pela humanidade..Aqui ou ai do outro lado do Atlantico, sabe meu amigo do que falo..O desrespeito pelo ser humano na sua essencia..As crianças e os idosos, sendo os menos protegidos , são por vezes alvo de maldade que nos envergonha a todos..Fiquei visita do seu espaço e naturalmente espero merecer esta visita que me sensibilizou..Um abraço e bom final de semana.....
..................................................
Laura..
Já vou a caminho, e como a perna não quer andar vou de trotineta..Eu sei que no teu cantinho só encontro coisas lindas e ditas de forma inteligente e sensivel..Beijinho nina e bom final de semana..

Laura disse...

Olá, tão? aind ahá peixinho para uma jantarada? a filha foi para Paris, fui levá-la ao aeroporto, o filho está longe, o manel no lugar do costume, aquele é que devia ser surdo, pois pra mudo já tem jeito, enfim...aqui estou a desejar-te uns dias felizes cheios de sol sem se rmuito, aqui faz um calor que nem sei...adoro a ti..laura.

Bichodeconta disse...

Beijo Laurinha.. Paz e saude, o Manel nem sabe o que perde e quando acorda já pode ser tarde..BOA SEMANA NINA.

Sidney Ramos disse...

Olá Ell:
Tudo bem?
Quando venho te visitar fico sempre imaginando essa "jantarada" com seus amigos em redor de uma bela mesa.
( A palavra aspeada li no post de Laura acima.)
Seu elogio postado ergue-me para o novo amanhã sempre de ardua luta´.
É muito bom receber sua visita.
Concordo com o que você disse referindo-se a estarmos próximo ainda que virtualmente, pena que não somos merecedores de sequer um contato visual e mais poético.
Gostaria muito de, quem sabe, um dia atravessar este romântico atlântico para realizarmos esta mesa.
É poeta aquele que destila seu sofrimento e transforma isso tudo em um bom vinho e felicidade?
Ainda mais com este saciar de ótimas comidas que você sabe muito bem sugerir em seu blog.
Obrigado, volta sempre!

Esterilização Obrigatória disse...

Vem ver a entrevista que fizemos a protectora e amiga do Caramelo.
O Caramelo é um cão que precisa da ajuda de todos nós.
Por esse motivo pedimos que pelo menos leiam esta entrevista para conhecerem a historia dele.
http://esterilizacao-o.blogspot.com/

Talita disse...

Que maravilha! Não há nada melhor que passar um tempo agradável com que se ama, comendo coisas simples e cheias de sabor!

Laura disse...

Ai, jantei tão mal, com preguiça de fazer jantar para mim e manel, que, olhando estas douradinhas, iam já com a minha lácrima christi... mas, nem são horas e comer nemd e beber e assim, amanhã passa lá para beber um copito á vossa saúde..beijinho da laura..

Sidney Ramos disse...

Ell:
Um dia baterei a porta da Europa.
Lá estará escrito "sejam bem vindos"
Meu sonho não é em vão mas sim um desejo que vem tocando ao longo dos meus quarenta e cinco.
E minhas vontades eu não negocío, não dou brechas para utopías, faço delas a realidade, vou perseguindo.
beijos e abraços!
P.S. Recebi e-mail.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amiga! Estava passeando, avistei teu espaço, invadi, gostei e não resisti em dizer-te que fiquei com água na boca. O que vale é que aquí o relógio já marca 12:05 hs. e está na hora do rango. Foi bom porque só fez aumentar minha fome.

Beijos,

Furtado.

Laura disse...

Anda beber do meu remédio: Lácrima christi, cá pra mim, cura tudo, bebi um copázio, estalei a lingua, ahhh, brindei, e, estou melhor...ahhhh. Beijinhos.tens lá o teu fadinho para ouvires...

Bichodeconta disse...

Sidney..
Espero que não demore bater á porta da Europa e ter um tempinho para nos conhecermos e mostrar pra voce este país que é lindo também e de gente que recebe como ninguém.Se alguém lhe disse que aqui não há cafageste, mentiu amigo..Há até pai que mata filho, há tudo de mau como em qualquer parte do mundo..Mas também há gente muito boa, a comida faz crescer água na boca e voce vai adorar estar por cá uns tempos.Força, fico á sua espera.Quem dera eu puder voar até ai para dançar nesse areal, beber água de coco, ir a forró .Conhecer o pantanal, correr atrás de capivara..Não liga, estou delirando..Um beijinho, ell

Bichodeconta disse...

LAURA..
Minha amiga vou ouvir o fadinho, beber o giripiti que deixaste lá para mim e vou nanar.. Amanhã espero ganhar coragem e escrever mais umas coisas. Beijinhos querida..

Alexandre Júlio disse...

Olá Minha Querida Ell, Ell!!!!!

Há quanto tempo não me perdia, por este belo Monsanto dos Esquilos, dos grelhados e churrascos, da liberdade, das memórias da panela do papá e da sua companhia, do convívio, que maravilha de certeza, Uauuu!!!!

Tenho pena de não poder acompanhar-te, ler-te, sentir o cheiro dos teus poemas, desfolhar as tuas rosas, ......... vou dando uma espreitadela de vez em quando, muitas sem deixar rasto.

Tive pena de não ter contado convosco á descoderta do nosso Alentejo, mas tal como eu também tu tens muito que gostarias mas não chegas lá!

Para ti e tantos outros que estiveram connosco no coração a 16 de Maio, reservei uma pequena amostra do que foi esse dia, no Abelhinhas.

Um Beijinho, Alê, Alê!

Bichodeconta disse...

Bigada Alex esta visita é muito boa..Eu sei, o tempo foge e há tanta coisa pra fazer..Mas saber que passas já me deixa feliz e agradecida.Espero continuar a merecer a visita e a tua amizade.. Um beijinho, Ell