quinta-feira, 18 de novembro de 2010

 Destino adverso
Frio e sem controle
Como se apagado
O brilho do sol
Tudo inundado
No abismo das trevas
Bolsos rasgados
Despido de moedas
A lua, as estrelas
E a brisa do mar
Recordando em vão
Um percurso sem par
Um castigo injusto
Brutal e sem razão
Nas profundezas
Vazias na escuridão
Longo, distante
Inércia, sem eco voltar
Espraiado na areia
Em noite de luar
E noite cerrada
Esquecida no tempo
Despertei banhado
P´la aragem do vento
Vagando ,caindo
Envolto em tormento
Tudo se recria
Tudo é movimento.
Abraço....Bichodeconta

11 comentários:

Lurdes disse...

Lindo!
Beijinhos

manuel marques disse...

Cheguei aqui através do blog da Laurinda e do seu comentário lá postado e carregado de bom senso.

Gostei do que vi,vou voltar .

Abraço.

Laura disse...

manuel marques não é laurinda é laurinha !....

Laura disse...

Minha querida, tudo se transforma e tudo se recria e a natureza assim como as pessoas, lá volta e meia serão transformadas...

É bom sentar na areia da praia e sonhar, lembrar as voltas que a vida deu, deu mas ainda não nos venceu.

Há muito mar, há ir e voltar, há ternura sem fim e dias felizes para acontecer para ti e para mim.

Um abraço apertadinho da laura

Bichodeconta disse...

Manuel como boa Alentejana e boa anfitriã terei todo o gosto em recebe-lo neste meu espaço que espero merecer a visita.. Sou gente boa, embora por vezes um pouco politicamente incorrecta..Mas há coisas que precisam de ser ditas..Prometo visita..deixo um abraço..

Bichodeconta disse...

Esperemos nós Laurinha que leve muito tempo a que nos transformem em pó..O mar na sua imensidão é meu amigo e conselheiro, é meu irmão..Abraço a ti Nina das resteas..

laura disse...

Olá Alentejana dos sete costados!

Hoje sinto frio, sinto-me meia vazia, meia chocha e meia xoné... assim, esperemos que daqui a umas horitas me passe senão vou mesmo prá cabana do pai Tomás.

Um abraço da laura

Dulce Braga disse...

Laura,
magnífico é o que eu li neste seu cantinho delicioso! Parabéns

Laura disse...

E um belo dia te desejo
porque está sol e sinto paz
paz na alma onde quase fraquejo
mas sabendo que a vida
um dia
o amor nos trás...

Um beijinho para ti miuda de longe.

laura

Bichodeconta disse...

Grata pelo abraço, pela amizade..Tenho saudades..Beijinho para ti e o desejo de que tudo esteja bem contigo e com os teus..Quando nos voltaremos a ver ?

Sofá Amarelo disse...

E tudo é movimento porque o vento tudo recria mesmo num destino adverso espraiado na areia em noite de luar cerrado....

Muitos beijinhossss