sábado, 13 de março de 2010

Parabéns princesa!

Nas veias do meu corpo corre um rio
São avenidas, escadinhas e vielas
Onde os teus passos soam de mansinho
E há jardins onde as flores tem a cor do teu olhar
E o perfume que exala do teu corpo
Cabelos soltos ao vento, livres.
Qual cavalo alazão galopando na planície
Também no meu corpo há descampados e pântanos
De onde a saudade emerge
quando os teus passos se afastam
E há um rio que leva até ti
o meu silencio e o meu amor
No meu mar, desaguas em ondas de prata
Revoltas ou serenas como a tua voz
Há também no meu corpo feito mar
Um cais que te espera em dia de tempestade
Enseada, colo, berço, abraço.
Não deixes que as correntes e marés te afastem
Olhar fixo numa gaivota esvoaçante
Ficarei alerta no cais, atenta
Para que em cada acostagem te abraçar
Como se o fizesse pela primeira vez
Quero olhar nos teus olhos e ler um poema de amor
No esvoaçar dos teus cabelos sentir a força da liberdade.
No teu sorriso quero encontrar esperança
Seara dourada amadurecida em ti.
Espiga, malmequer , flor de camélia ou jasmim
Menina mulher, nascida de mim!
Parabéns princesa!
Parabéns minha filha.
Beijinho , Ell

26 comentários:

Poesia do Bem disse...

linda homenagem parabéns as duas, bjs e venha me visitar!

mariam disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
mariam disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
mariam disse...

belíssima homenagem!

Muitos PARABÉNS! A AMBAS!

Felicidades mil, é o meu voto.

beijinhos e o meu sorriso :)
mariam


nota: apaguei os coment anteriores, por repetidos... estou com dificuldade em colocar o coment! desculpa :)

Laura disse...

Todas elas (as nossas filhas)

Todas elas são ondas revoltas
nos mares encapelados
todas elas trazem revoadas
de sonhos
trazem viva para viver
trazem vida para amar.

Elas apenas querem
a liberdade
sonhando que o mundo
está lá fora
á sua espera
para tantos sonhos realizar.

Elas são seres do nosso ser
ainda estão a crescer
ainda estão a aprender
que a vida não é fácil
e é preciso lutar
para encontrarem o seu lugar.

Pouco a pouco
a vida lhes abrirá os braços
e guiará seus passos
pelos caminhos do bem
e possam elas contar sempre
com as suas mães, também!

Deixa-as voar
a tua e a minha
deixa-as seguir
o trilho da vida
elas precisam saber
que estamos ali
para nos nossos braços as reter!

Beijinho de parabéns ás duas, e muita muita alegria, amor e paz!

Bichodeconta disse...

Só posso dizer que foi tão bom o abraço..A filha está linda.Não é mais menina , mas será sempre a minha princesa.Hoje acostou ao cais onde estarei sempre de braços abertos quando puder ser..A saudade, essa ...............Mas é bom, muito bom sabe-la feliz, no seu espaço.A todos um obrigada por mim e pela Raquel..Um beijinho, Ell

maresia_mar disse...

um beijo e parabéns para as duas... que linda homenagem para a tua filha.

beijos

tulipa disse...

OLÁ ELL
Assim é o "SEU" modo de manifestar todo o Amor que tem à sua
princesa,sua filha.
Parabéns às duas.
Gostei de ler, as palavras cheias de calor humano!
Obrigado pela partilha.

Agora faço-lhe um convite. Ir ao meu blog "Deabrilemdiante" e ver o último post: Nunca uma poesia disse tanto sobre o meu estado de espírito no momento, como esta. Preciso muito de silêncio à minha volta, estando sozinha e muito mais se estiver acompanhada, pois há pessoas que não medem as palavras que dizem e estão sempre a magoar e a dizer barbaridades, mais valia estarem caladas.
O título deste post tem a ver com esta imagem captada por mim e que hoje serve bem para ilustrar como está a minha vida.
Cheguei ao momento em que na minha vida encontro uma bifurcação e tenho 2 caminhos à escolha; aquele de estrada alcatroada, de fácil condução e o outro, de estrada de terra batida e de difícil passagem. O problema é que não sei qual dos dois escolher, além de que a névoa que existe na foto é mesmo a imagem da minha mente, envolvida numa escuridão em que não sabe o que fazer.

Beijinhos.
Fique bem.

Bichodeconta disse...

TULIPA...
Minha amiga parece que ambas estamos a precisar de alguma ajuda.. Tenho estado afastada das escritas e só tenho vindo ao pc pouco tempo para jogar um pouco de forma a fazer um pouco de companhia a mim mesmo..Dificil de explicar e não interessará a ninguém a vida dificil ou os estados de saude de cada um,Um beijinho, e tranquilize-se tanto quanto possivel..Ell

Bichodeconta disse...

LAURINHA...
Não tenho estado muito bem, desculpa, não tenho sequer vindo muito ao pc.. NEM SABIA QUE ESTE POST ESTAVA LÁ COLOCADO, PENSEI QUE TINHA SIDO RETIRADO..o POUCO TEMPO QUE VENHO AQUI ANDO SOSSEGADA, NO JOGO MEU E DO BRÁS.BEIJINHOS, ELL

Bichodeconta disse...

Laurinha...
Também não perco muito por não passar por aqui, seguramente. Eu estou como o outro, não escrevo coisas de interesse para quem quer que seja.. Disse um dia e repito, não sou poeta, escritora, romancista, pintora, não sou nada, não sou ninguém, e continuo a escrever para mim.. Neste caso escrevi também para a minha filha que era a aniversariante e a homenageada..Mas ninguém sente a minha falta, eu é que sinto a falta de todos e de mim mesmo..Beijinhos e vou dar uma voltinha até ao nosso grande Moa, ver copmo está, que se passa. Se conseguir ainda passo em mais alguns, mas a net é muito inconstante e eu largo isto assim..Mudei de net e parece que ainda ficou pior..Beijinhos para ti linda..Tudo de bom..

Bichodeconta disse...

Tulipa..
Este não é a minha forma de demonstrar o amor á minha filha, esse amor não cabe nas palavras, esgota-se nos gestos.Foram palavras que assim sairam, mas que se esvaiem como palavras que são..Não podemos confundir meia dúzia de palavras de circunstancia e reduzi-las á forma de demonstrar amor a quem quer que seja, muito menos aos filhos.Não há dicionário por mais completo que tenha palavras para expressar esse amor. Amor que dói, mesmo feliz por sabe-la feliz.. Beijinho, vou tentar navamente ver se consigo encontrar esse novo blog..

Laura disse...

Nananinánão, a menina não desiste eu não desisto logo não desistimos...O Moa tem o Paixão que também ia desistir ah, devem ter doído as orelhas dele...puxadas aqui pla je, já se sabe..
Quem disse que não escreves? plo amor de deus, tás tolinha? olha para ti,deixa correr a pena,sente-te no que escreves, e o resto é treta, todos temos coisas lindas umas melhores outras nem tanto. Eu nem ligo a isso, nems equer penso se irão gostar porque é o que quero por e é o que sai...Uma coisa adoro, por música e escrever com ela,sabe bem...Beijinhos mil..laura

tulipa disse...

OLÁ ELL

Lamento, eu não ser compreendida pelas pessoas que comentam nos meus blogues...

Por isso segue a minha resposta a este seu comentário:
ainda assim eu disse-lhe um dia que mandasse email caso quizesse falar mais aprofundadamente, mas percebi que de facto não o fez..Amizade não se mendiga, conquista-se e seguramente não conquistei a sua...

POR FAVOR não afirme coisas que não sabe;
tenho passado mal e vou ficar internada 2 semanas, daí que eu nem sei onde está esse seu recado do seu e-mail.
Peço-lhe quando eu estiver COMPLETAMENTE RESTABELECIDA me volte a enviar o seu e-mail.
Mas também lhe digo:
se você ENTENDE o que escrevi, neste momento EU SÓ QUERO SILÊNCIO.
Acredite que não sou boa companhia para ninguém!!!
Fique bem.

Braulio Pereira disse...

felicidades a ambas

gostei muito dos seus
poemas.... simples
mas
que dizem muito

parabens

Graça Pires disse...

Embora atrasada, os meus parabéns à "princesa". Um belo poema.
Beijos.

Laura disse...

Então quando vai ser esse vaijá de tooombóio? ah, avisa a mim...mas que apsseata, espero que não haja chuva senão...ficamos á janela..beijinhos, laura

Osvaldo disse...

Ell;

Caramba, que vergonha da minha parte de me atrasar em mandar os parabéns à tua princesa, mas como mais vela tarde que nunca, aqui vai;

Parabéns linda Princesa...

Ell, parabéns também para ti pelo belo poema com que homenageias a tua Princesa o que mostra que és uma verdadeira Rainha.

beijinhos para ti e abraços para o Bras.
da Ana e Osvaldo

Espaço do João disse...

Para a princesa da ELL.
Embora retardatário,vale mais tarde do que nunca. Parabéns Pricesa.


Parabéns minha princesa
De belos olhos encantados
Olhos de rara beleza
Olhos belos e raiados
E de muita singeleza

Teus olhos são duas chamas
Encrispadas na montanha
Brilham como a luz do sol
Por entre as árvores e suas ramas
Abrindo o coração de quem amas

Teus olhos só inobrecem
Bate bate coração
Até as mãos se aquecem
De tanto baterem a mão
Como se fosses uma canção.

Junto meu beijo ao da ELL
Pelo dia dos teus anos
São doces não são fel
Nós só te amamos
Como se fosses o doce mel

Vamos todos bater palmas
Neste dia tão feliz
Não só pelo teu cariz
Mas pela bela raíz
E pelas fadas que vós salvas

Laura disse...

A menina atrasa-se muito e perde bocadinhos e ocasiões para se rir um tico.
Fazes falta no Moa, assim não tenho com quem cantar á desgarrada, vá lá nina...
Aquele abraço apertadinho, laura

Andre Moa disse...

Parabéns à mãe e à filha.
Um dia, um mês, um ano, uma vida plena de Felicidade para ambas, que bem a merecem.
Beijinhos
André Moa

Bichodeconta disse...

Moa meu amigo, que boa visita..Como vai tudo por aí..Eu ando entrerida a fazer uma quinta..Acalmar o boi, recolher os ovos, lavrar a terra a tractor, semear, plantar árvores, infelizmente (ou não)é só no virtual..Um beijinho, Ell..Desculpa a ausencia, eu é que perco, por vezes passo mas nem deixo rasto.E NORMALMENTE DEITO-ME CEDO QUE É A HOTA A QUE ANDA MUITA GENTE NA NET..TENHO SAUDADES..

Laura disse...

Já descobri porque é que as minhas amigas dos emails a diário andam a falhar, anda tudo na quinta aos ovos aos morangos a mungir as vacas, enfim, isso é pecado porque são virtualidades e momentos d epuro amor que se tira ás amigas e amigos, fora com as quintas...
ehhhhhh, apanhei-te e pensei, coitada que terá ela para afzer que a impede de vir aqui?...ufa, descobri...
aquele abraço da laura

Laura disse...

Ah, hoje é dia santo, que andas a afzer? Lembras-te do nosso negócio da quinta a sério? que iamos fazer queijos e enchidos, ah, belos tempos em que andavas por cá..aquele abraço de feliz domingo para todos os teus, laura

Bichodeconta disse...

Laurinha
Que tal cultivares também alguma coisa que te acalme.O campo faz bem, não sei se o virtual faz, mas que é divertido é..Recolho os ovos, planto legumes, está na hora de ir vindimar..Já recolhi as fritas, apanhei os ovos, andei a apanhar gasóleo para lavrar as terras. e ninguém diz que sou má agricultora.Já poeta , é como nós sabemos, escrevo uma coisas mas nada que valha a pena perder tempo nem eu a escrever, nem os outros a ler quanto mais a comentar ehehe. Beijinho, boa semana.. Agora vou visitar-te.já colhi as flores da quinta do sr agente, as abelhas fizeram mel, muito mel, agora fiz a sementeira , ele não gosta de semear aquelas flores. É DIVERTIDO..PELA PORTA DAS TRASEIRAS DIZ COMO VAI TUDO CONTIGO AMIGA..BEIJINHO, eLL

Bichodeconta disse...

LAURINHA
Nã tuges nem muges.. só poesia, só cultura..E eu aqui a jogar.. Nem sabes o que perdes.O meu homem da farda azul tem estado mal, AVC, felizmente está a ficar melhor. Mas os meus dias ficaram cinzentos, sem cor e sem brilho..Um abraço, Mel