quarta-feira, 18 de abril de 2007

Ao Alentejo
















Cresci no campo conheço , o cheiro a terra molhada
Conheço o sabor da noite , e da alvorada
Aguarela de mil cores, terra de pão
Espigas douradas plo sol, durante o verão
E até as papoilas que dormem com o trigo
São da cor do coração, onde se guarda um amigo
Frescas e extensas paisagens, verdes campos de arrozais
Que nos mostra um Alentejo que não termina jamais
Novelos brancos de lã ,rolando pela pastagem
Com chocalhos tilintando, tal como orquestra actuando
na imensidão da pastagem
O pastor com seu rebanho , tendo um cão por companheiro
Nesta doce solidão , são donos do mundo inteiro...
As fotos foram tiradas no caminho de vendas novas
Acompanhando os passos da seara
Primavera e verão de 2002
Amo o Alentejo



6 comentários:

Enfim... disse...

não á nada como a bleza do alentejo

bjokas

Bichodeconta disse...

A beleza e não só... Também o receber ( coisa que fazem como ninguém)Obrigada pela visita, sinta-se em casa.... Um abraço..

Rui Luís Lima disse...

entrar no alentejo é (re)descobrir um outro país, aqui o filme é outro não é a preto e branco nem a cores... é simplesmente cinema em 70 mm.
um abraço cinéfilo
paula e rui lima

Meia Lua disse...

Adoro o Alentejo, o cheiro da terra, as pessoas, os sabores (o pão, o queijo, o vinho) enfim, morro de amores pelas cores e flores, pela calma, pelo encanto... beijinnhos

mara carvalho disse...

Olá bichodeconta,

Também eu amo o Alentejo, terra maravilhosa que me viu nascer.
Voltarei mais vezes.
Gostei da simplicidade do seu blog e das suas postagens.
Obrigada pelas palavras simpáticas que deixou no meu BEHAPPY.
Volte sempre, porque tudo o que lá tenho só faz sentido e tem mais valor se for partilhado.

Flôr disse...

Planícies de ouro.... estas férias... "perdi-me" no meio das extensas planicies Alentejanas... lindo! E os enormes campos de girassóis!.... maravilhosos..

Beijo florido da Flor