domingo, 25 de março de 2007

Do jardim do Amável


Talvez amanha o dia seja melhor
Hoje, passou devagar
Meus pensamentos estão dispersos
Mas com tempo pra pensar
Desespero , e não te encontro
Estás noutros universos
E há sempre tempo pra tudo
E enquanto calma estas palavras estudo
Os ponteiros do relógio avançam
Sem som, calmo e mudo
Que transforma segundos em horas
E horas em desalento
Do que se afirma perante mim como real
E suplanto a minha própria natureza . Só a tua ausência é tão real...Amo-te..
E quando de tudo pareço ter certeza , levanto os olhos do papel , tudo é igual...
Mas amanhã é outro dia , e tua ausência esvazia, tudo do meu coração.
Mas os ponteiros vão estar iguais , sem sorriso ou alegria , por isso repito..
Hoje passou devagar o meu dia...Beijos Ell

2 comentários:

katomart disse...

agora é que foi, tocaram-me no ponto fraco... as rosas são duma beleza estraordinária, lindas, sejam azuis , vermelhas ou de que cor seja nao interessa, so sei que é a flor que esta em todos os ramos e adoro receber, esta pode ser para mim? pois este jardim deve estar cheio delas, serão as meninas do seu dono ...serão??beijos ó bichodeconta

Bichodeconta disse...

Um destes dias deixarei para ti mais flores, rosas .. também sou apaixomada... Obrigada pela visita, sinta-se em casa... Um abraço. partilhmos o gosto felas flores, quem sabe temos outros gostos em comum... Adoro animais, c~~e connosco vive a matilde uma rafeira linda e inteligente.