quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

A importancia do amor!

De olhos fechados cheguei a ti
Sei de cor o caminho, não me perdi
Se te encontrei, em ti é o meu lugar
São para ti estas flores
Perdão por te amar!(tanto)

altUm abraço, Ell

13 comentários:

Lurdes disse...

Amar é bom! Amar tanto, ainda melhor! E amar, nunca é demais!

Beijinhos

Bichodeconta disse...

Lurdes.
Minha querida concordo, gosto tanto de te ter por aqui, confesso que eu ando um pouco preguiçosa.A chuva, o frio e o vento deixam-me com uma vontade de hibernar..Beijinho, Ell

Laura disse...

Ai que bom que tens a quem dizer essas palavras, ai que bem que sabia ouvi-las, vindas de alguém de quem gostasse, mas, ai a vidinha...Um beijinho e ainda bem que és feliz, é bom...Que a felicidade continue pela vida fora, são os meus maiores desejos, a nina laura

Ezul disse...

...mas nunca se justificará pedir perdão por tal sentimento!!!
:)
E que vida nunca nos permita confundir esse verbo com outras formas de sentir, como o ciúme, o sentimento de posse, a obsessão, o ódio...

Bichodeconta disse...

Laurinha.
Amar e sentir que sou amada não é de todo cerificado de felicidade.A vida tem outras coisas para além de nós e do amor, ás quais não podemos ficar indiferentes. Hoje o meu coração está dorido pelo Mundo, pela infelicidade estampada no rosto de tanta criança abandonada, pelo terramoto no Haiti e pelos rostos de medo e sofrimento daquele Povo..O amor é só uma constante da vida, é muuito bom, mas não se esgota aí a nossa felicidade ou seria pouco também.Ontem apeteceu-me fazer um mimo só isso.Beijinho pra ti miuda e aproveita as formas de amor mais diversas.Amor de mãe que ambas sabemos o quanto é reconfortante, amor aos amigos que nos fazem tanta falta.Amigos, amigos, amigos que preenchem o nosso coração e sem os quais a vida se tornaria um deserto.Beijinho Laura, tu és uma pessoa muito amada, talvez te escape essa evidencia..
Beijinho da Ell que te ama também embora um amar de outra forma que não a carnal..

Bichodeconta disse...

Ezul....
Não é um perdão no sentido lato da palavra, mas não é de todo obsseção, muito menos será sentimento de posse!Aí deixa de ser amor, porque só livre pode ser este sentimento, ciúme, não também.E porque haveria de confundir esse verbo?Acaso o meu Portugues é tão duvidoso !Com ou sem acordos hortográficos amor será sempre amor , não tendo de ser amor de homem versos mulher.Amor tem-se pelo próximo, pelos que sofrem, pelos que nos afagam nas horas menos boas da nossa vida, Amor é palavras de sentidos inesgotáveis, mas eu estou a falar, aqui sim de amor pela pessoa em cujo colo adormeço..Não interprete mal novamente, também há várias formas de colo, eu falo de alguém em cujo regaço me aconchego para adormecer..Enfim..Um abraço, Ell

Ezul disse...

Compreendi o quis dizer e não pretendi fazer qualquer juízo de valor. Tentei separar as duas partes do comentário, só para deixar registado aquilo que penso em relação a um sentimento, e nunca com a intenção de me referir a quem quer que fosse!
Beijinhos!
:)

Bichodeconta disse...

EZUL...
Sem stres,por isso existe a liberdade de expressão e talvez eu tenha dado um enfase tão grande á palavra que abreirou o exagero..Está tudo bem, desejo bom final de semana que a avaliar pela chuva que cai deve ser de estar em casa numa de conforto se pelo menos isso for possível..Um beijinho, Ell

Sofá Amarelo disse...

Rima, e é verdade!!! Da maneira que o dizes descobririas sempre esse caminho mesmo que ele fosse labiríntico!!!

Muitos beijinhos! Bom Domingo!!!

Maria Soledade disse...

Sorve esse amor o mais que puderes!Como é bom amar, como é bom sentirmo-nos amadas, nem que seja pelo "próximo"...Nada mais gratificante do que dar e receber Amor...

Beijinhos...MUUUUIIIITOOOOSS

MUUUUUUUAAAAAAAAAAHHHHH************

Bichodeconta disse...

Maria Soledade...
Ora aí está, tanta forma de amar!Bjs, boa semana amiga..

Bichodeconta disse...

Sofá amarelo....
Acho que passei a vida em labirintos, e em cada recanto encontrei algo que aos outos não interessa e que a mim me preenche..Reparei hoje junto a Alcantara, Fundeada estava a Sagres, Navio Escola que parte numa viagem de circunnavegação que durará um ano.Asteada a bandeira de Portugal que levará pelos quatro cantos do mundo. Em cada Porto vão fazer recepções diplomáticas, receber Cadetes de outras marinhas, dar a conhecer o nosso País .Eu bebia cada peça que via, os lemes, as velas, o sino, a conservação do Navio, a Postura dos nossos marinheiros , um delesestava acompanhado do pai que por sua vez fez a primeira viagem de circunnavegaçã e segundo o sr, num misto de saudade iria de boa vontade nesta viagem com o filho se tal lhe fosse permitido.O comandante, na sua primeira viagem de circunnavegação.Senti um orguho imenso e desejei poder fazer parte daquela tripulação que deve ser enriquecedoura por demais.. Com tristeza percebi que pessoas havia que passavam indiferentes, sem um olhar mais demorado, sem o mínimo interesse naquele pedaço da nossa história marítima e não só.. Nas mais pequenas coisas consigo encantos, só podia encontrar o amor mesmo que num labirinto.. Um beijinho, boa semana, Ell

Maria Clarinda disse...

Ondfe andas menina linda? Saudades de te ler!
Jhs