sábado, 14 de fevereiro de 2009

Por todos os dias da nossa vida

És onda revolta
Alazão á solta
Giesta alecrim
És urze do Monte
Água fresca da fonte
És flor de jasmim
És pedra és vento
Farrapo de neve
Mar enraivecido
Ave que esvoaça
És raio e trovão
És chuva que cai
Através da vidraça
No meu coração
És sonho e sorriso
Meu porto de Abrigo
Lágrima perdida
És sol que amanhece
Me protege e aquece
E me prende á vida!!!!!
Só para simbolizar um dia igual a tantos o outros..O amor é alimento de vida, amor á terra, á família, á pessoa em cujo abraço gosto de adormecer..Beijos..Ell

44 comentários:

Laura disse...

Ai quem me dera...quem tem um braço e abraço assim, bem pode adormecer embalada pelo amor!...
Sê bem vinda ó raparigaça, há meses que não te punha a vista em cima...
Lindo poema aliado a tudo o que a vida e a natureza nos dão...O amor, bendito amor!...Beijinho da laura.

Laura disse...

Tás apressada, quando vi sábado 14, assustei-me, a minha neide chega dia 14 de Madrid e perguntei-me? ai, esqueci-me de ir buscar a apriga, ai minha nossa, como fui capaz? mas vi logo que não podia ser... o post é prá amanhã ehhhhhhh..ai, o tal do dia dos namorados, nunca o festejo nemf estejei...nem vale apena. Beijinhos e feliz dia para quem tem amor..laura.

girassol disse...

Mas hoje ainda só é sexta feira!!!...
De qualquer maneira... o amor é como o natal... quando um homem quiser... até pode ser adiantado.

Beijinhos

Bichodeconta disse...

Pois é Laurinha, a data não interessa muito, mas eram tres da manhã estava com a cabeça a rodopiar, e pego no telem , saiu !! Beijinhos.....

utopia das palavras disse...

Olá

Agredeço a visita e o terno comentário que lá deixaste.

Na verdade quando aqui cheguei também fiquei confusa com a data
mas que importa a data??????

Gosto do teu poema, saltitante e musicado...!

Beijo
Bom fim de semana

Bichodeconta disse...

Á pois é girassol do meu jardim, também é isso que penso.. E claro, cada dia será uma oportunidade de tecer um pouco da teia que é a nossa existencia..Um fio e outro e outro harmoniosamente colocados no tear que é a vida, que em cada dia podemos acrescentar mais cor..Beijinhos, para mim este e todos os dias são dias das pessoas que amo, estás entre elas naturalmente, sem presentes, ou melhor, sem cacos, porque palavras , gestos, pensamentos, cumplicidades são os melhores presentes..Beijinho aos tres..

mundo azul disse...

_________________________________

Quem escreve um poema assim, é por que tem mesmo o amor no coração...

Que seja sempre desse jeito tão bonito!!!


Beijos de luz e o meu carinho...

__________________________________

mariam disse...

Ell,

bom regresso !
com este belo e sentido poema!
parabéns e felicidades, lhe desejo.

bom fim-de-semana
um sorriso e 'até já'
mariam

Laura disse...

Olaré, também tive um lindo ramo de rosas. Não foi de manel nenhum, mas foi dado com amor e assim:::a laurinha tá contente pelo presente... Beijinhos.

Teresa David disse...

Bela inspiração para o dia.
Há mto que por aqui não passava, mas, felizmente, sinto que anda pujança no ar. Pelo meu lado divido-me entre fazer o que me dá na real gana de prazer, e, os tratamentos que não posso deslixar.
Bjs e bom fm de semana para ti
TD

Bichodeconta disse...

MUNDO AZUL..
Que bem me sabe abrir esta página e ter a visita e palavras de amizade e conforto das pessoas amigas.."VIRTUAIS", Seja! Mas tem o sabor da amizade dos que tal como eu gostam deste mundo, e há laços que por vezes ultrapassam os da consanguinidade embora muita gente os desconheça..Desejo de bom domindo pra voce , sol, luz e Deus no seus coração......
.....................................
Laurinha, eu presentes daqueles que se compram com dinheiro, não recebi,cacos não quero..Um destes dias acho que nos juntamos, e vamos prá feira vender tudo o que está amontoado em casa e não nos faz falta de todo.. Boa maneira de pegar a tão proclamada (e bem sentida )crise.. Eu posso fazer os pregões, e vás ver Laurinha ao fim do dia o sucesso.. A brincar a brincar, metade da tralha , e deixava a casa mais leve..Beijinho..Pois, mas flores isso é sempre bom, muito bom..em todos os dias e venham do Manel ou de onde quer que seja.. Gosto de te ver feliz, mas não me respondeste se já foi feito o implante e como correu..Beijinho, ell....................
.........................
Teresa David..
Olá, claro que os tratamentos não podem ser deixados para trás, essa é a parte importante para que mais tarde não haja complicações..Suponho que tem sido dificil, ainda assim é uma dádiva o estar a resultar.. Obrigada pela visita e pelas palavras..Gostei da expressão "andar a fazer o que dá na real gana" Mas eu sou uma eterna anarquista e faço , salvo raras excepções, o que me dá na real gana..Continue assim..Um beijinho, Ell

Bichodeconta disse...

Mariam..
tão bom este mimo de palavras já pela manhã..manhã ensolarada que já faz lembrar campo, mar, flores silvestres, e ao anoitecer o calor da lareira, uma chávana de chá de jasmim, e um abraço..Bom domingo.. Beijinho..

Justine disse...

Ritmo embalador e doce, o do teu poema!

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Entre e fica á vontade

Ah! Tempo!
Nunca quis voltar em ti.
Apenas espero que me devolvas
os sentimentos que vivi.
Não deixes que meu sorriso
se perca pelo cansaço
e que minha voz
se cale por um fracasso.
Não deixes que meus caminhos
se desviem da meta
nem que os percalços
sejam maiores que minha força
para que eu siga esta reta.

Passei neste lindo espaço para te desejar uma linda semana
Abraços

Lurdes disse...

Pronto a semana só pode mesmo começar bem! :)
Primeiro, fico feliz por ver nova escrita por aqui (tava já a ficar deveras preocupada) e depois, Bichodeconta, este texto está simplesmente LINDO!!!!!!!!!!!!!
Que todos os dias possam ser dias 14Fev. e que essas palavras tão sentidas e tão belas o sejam até ao fim da vida (ou como diria o bonequito, até ao infinito e mais além!).
Beijinhos grandes.
A isto chama-se um regresso em grande!

Laura disse...

Querida, o implante foi colocado dia 23 deste mês que passou, e daqui a sete dias já vou ser activada ou seja, ser ligada ao mundo dos sons, é isso menina e cada dia que passa

mais me enlevo
mais feliz me sinto
e mais me preparo
e mais anseio
que chegue o dia
que possa ouvir
sem receio...

é isso ai. Muitos beijinhos e carinhos para ti..da..laura..

Sofá Amarelo disse...

És palavra que basta
nas rotas da vida,
na chuva que arrasta
uma lágrima perdida.

És ave que voa
no Céu da esperança,
És canto que entoa
aquela criança!

Muitos beijinhos! Bom regresso!!!

Espaço do João disse...

Mas... Alguém me diz porque é que se chama de Amor Perfeito? Aguardo uma resposta. Beijo amigo João

Bichodeconta disse...

ESPAÇO DO JOÃO..
Sou desconhecedora, mas para mim, será pela perfeição das formas e cores..Na vida real, infelizmente, nem todos os amores são perfeitos..Será que há amores perfeitos?Um abraço............
....................................Laurinha estou tão contente, então um destes dias já podemos conversar..Decididamente tu és uma vencedoura..Uma grande mulher..Não há força que te pare.. Beijinho, Ell.........................
...............................
Lurdes...
Jé tinha saudades do teu miminho, eu sei, o tempo é pouco etc etc etc..Mas eu sou uma piegas e gosto muito de da tua visita e das tuas palavras de carinho..Um abraço, Ell

Laura disse...

Nina Ell, a laurinha tá à rasquinha do joelho, dói pa caraças..sabes de receita que ajude, caseira? minha nossa, é so sentar-me e depois para me levantar nem com guindaste...dói que se farta..Um beijnho..e havemos de falar pois, já faltou mais..laura.

Laura disse...

Ahhh, o meu amigo do Brasil mandou nome d emedicamento que a mãe toma para a artrose, ai minha nossa, como doia tanto e, tomei ontem um, blá blá, estou melhor, já nem manco, já nem dói, mas que maravilha, é só um pot dia, e pelo menos 3 dias e chega...baratinho...que bom...Beijinhos e já é amanhã de manhãzinha a minha activação...uau, uau... laura.

MENSAGENS AO VENTO disse...

___________________________________

Passando para deixar um beijo e desejar um dia MUITO FELIZ!!!

___________________________________

mundo azul disse...

_________________________________

Deixo um beijo e o meu desejo de um dia iluminado!

__________________________________

dina disse...

sabes que adoro essas flores?
além da flor, gosto do nome, "amor perfeito" parece uma utopia possivel de alcançar :D

dina disse...

já agora, aind anão encontrei o livro e não consigo ler a editora na foto :D

Márcio Beckman disse...

Gostei, disse tudo com poucas palavras! Lembrou aquela música "É pau, é pedra, é o fim do caminho..."

Sofá Amarelo disse...

Um bom Carnaval!!!

Muitos beijinhos!!!

JoAnInHa disse...

Quantas saudades ja tinha de te ler, que post tao lindo, cheio de sentimento! É sempre um prazer visitar-te! beijinhos

amigona avó e a neta princesa disse...

Um abraço amiga...tudo de bom...há já algum tempo que não passava por aqui...

Laura disse...

Já netrei no mundo dos sons e é maravilhoso, aind anão entendo as vozes, mas, lá chegarei... Beijinhos da laura.

ecos de palavras disse...

Simplesmente maravilhoso este rosário de pérolas...

Lindo!

Beijinhos

Maria Valadas

Poesia do Bem disse...

Lindo poema!Obrigada por visitar meu blog

Laura disse...

Oiiii, como vai a bichinho de conta? e o que contas? Eu vou ouvindo sons muitos sons, mas, até lá há que aguardar..Beijinhos de semana feliz..laura..

Maria Anjos Varanda disse...

É sempre muito agradável visitar este cantinho....

Ultimamnete o tempo tem sido escasso....

Beijos e uma boa semana

Ana Ramon disse...

Olá amiga. Dei mais um saltinho até aqui e desta vez já havia poema novo, cheio de energia e de amor. É bom sentir-te assim
Um grande beijinho e felicidades

mariam disse...

Ell,
passei para desejar que tenha um dia (que 'dizem' ser da Mulher!) muito Feliz! seguido de muitos outros não menos fantásticos!

deixo um abraço, o sorriso de sempre e saudades!
mariam

girassol disse...

Um poema para hoje. No desejo de melhoras e de todos os dias vividos em harmonia.

"Mulher

Universo em que a vida se constroi
no cheiro de todas as flores
no calor de todos os veroes
ao sol, em toda a sua plenitude.
Mulher
abraço, consolo, vigor,
vida, sentidos, mae, mulher...
Mulheres
...e sao a dor e o choro
que transformam na força vida que sao
e dao..."

Beijinho

Bichodeconta disse...

Obrigada minha irmã..Poema gostoso, perfumado de alecrim e flores silvestres onde o amor pela natureza te/vos engrandece..Até breve..Beijinhos do bichodeconta.

Maria Faia disse...

Querida Amiga,

Escolhi para o meu regresso exactamente o mesmo tema que nos apresentas: o amor.
Quando o Sol brilha na nossa janela é chegado o momento de voarmos para junto dos Amigos. Sim, porque quando não temos o lindo sol para lhes oferecer, não os queremos contagiar com a penumbra de dias cinzentos - eles não o merecem.
Pois aqui estou de novo, provavelmente, não com a mesma cadência mas, absolutamente, com o gosto redobrado pela saudade daqueles que muito estimo.
Não combinámos mas, por qualquer razão, ambas estivemos ausentes e regressámos. Fico feliz!

Beijo Amigo,

Maria Faia

Laura disse...

Olá bichinho de conta, mais fugidinha, mais pra dentro, mas, temos tempos e tempos...
O bom tempo está ai, verão antecipado, podes passear com o teu homem da farda azul...Ainda vais levar o almocinho pra ele? e o teu carrinho? resolveu-se? oxalá que sim...Muitos jinhos da laura..

Alexandre Júlio disse...

Ell, minha querida!

Que amores tão perfeitos, estes do teu jardim encantado, que poema tão lindo bem ao jeito de quem está perdidamente apaixonada, neste porto de abrigo que a acolheu, neste dia de tempestade, onde uma mão se estendeu, com tanta caridade.
Mas a sua alma rebelde, continua a percorrer os sonhos da infância, pelo Alentejo que a viu nascer, mas que está cada vez mais longe, e onde as raízes familiares cada vez mais abaladas, destroçam o coração sempre que o pensamento teima em pairar, sobre aquele morro, atravessado pela Nacional 114.
Um beijinho e parabéns pela beleza eterna dos teus sentidos/vividos e sofridos poemas,

Alexandre

Bichodeconta disse...

Laurinha fico sempre tão feliz com a tua visita..Vou procurar andar mais atenta a tanta coisa bonita que tenho perdido.. Mesmo que por vezes não apareça na net, pela porta das traseiras eu ando por aqui..É aqui que me informo de muita coisa..Mas neste momento esta posição sentada, de perna +ensurada não é nada conveniente.. Posso esvrever um disparate? Tenho de ir ao kamasutra procurar posição mais adequada para que o sangue circule..O médico diz pra andar de pernas pró ar, vou tentar.. Beijinhos, desculpa que eu sou uma tonta...

Bichodeconta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bichodeconta disse...

ALEXANDRE...
Que bom Alex receber esta visita logo pela manhã.. tinha saudades de te ler, de sentir a tua presença por perto.. Eu só escrevo uns disparates que passam aqui por uma veia de água salobra que tenho..Está no tempo das abelhinhas andarem numa azáfama, conta-me coisas do Alentejo, que eu sei que nesta altura está particularmente bonito.. Breve fará anos,era sexta feira santa e ao volante, em direcção a Estremoz onde ia passar a Páscoa.Depois de passar Pegões, Vendas Novas(Descobri agora, foi das bifanas)mas dizia eu que a certa altura senti-me noutra dimensão, algo que não sei muito bem descrever, mas ao avançar sentia-me cada vez melhor, o cheiro do campo misturado com o colorido da beira da estrada onde as giestas de braço dado com rosmaninhos e outras espécies formam uma tela digna do melhor pintor.. Debitei pró micro gravador algumas palavras que me sufocavam,algumas pessoas chamaram-lhe poema, pra mim eram palavras sentidas simplesmente. Na segunda feira de Páscoa disse em directo na tv essas palavras, que de tão sentidas ainda hoje as mexem dentro de mim numa acutilancia de quem se ve mutilado de algo que ama.. Eu sinto de facto que ao sair daí fiquei mutilada de uma parte de mim, o Alentejo.. Um dia gostaria de eternizar essas palavras, que não sendo sábias, são sentidas e dedicadas á terra que me viu nascer, crecer, menina precocemente feito mulher, o campo estava ali e era preciso trabalhar..Meu Deus como foi dificil, mas como recolhi desse tempo sabedoria e armas para toda a vida.. Desculpa Alex, que maçada.. Beijinhos, Ell