quinta-feira, 22 de maio de 2008

De amor, de vida...

Olhar de emoção
Fluindo
Ilusão
Sentindo
Incerteza bailando
Ao som das ondas
No silencio que antecede a madrugada
Na cor do dia
Na alegria
No ritmo do meu e o teu coração..
Deixa-me adormecer e acordar no teu coração..Ell

19 comentários:

Ana Maria disse...

Tenha uma quinta- feira de sucesso.
Amiga, obrigada pelas visitas, e pelas palavras maravilhosas que sempre tem deixado.
Doce poesia
Rítmo suave
nossos corações.
Ell amiga, estou com a terceira cria, não sei se já passei o endereço. * Quotidi - Ana - Mente*
http://contosdeumquotidiano.blogspot.com/
Faça uma visitinha.
Desde já agradeço.
1000beijos.

Justine disse...

Cheio de ritmo, o teu poema de amor. E a roseira, pletórica como uma paixão :))

P.S.: belo texto o teu no "jogo das 12 palavras"

mundo azul disse...

Um poema bonito, perfumado pelas belas rosas! Quantos botões nessa roseira! Que maravilha...Deus abençoe!
Beijos de carinho e muita luz...

João Videira Santos disse...

...porque é no ritmo do coração que balançam os sentimentos da vida.

A. Jorge disse...

Curto e belo! Adorei este poema!

Um beijo

Jorge

A Flôr disse...

Brotou um bonito poema...
brotou um bonito botão de rosa...

Esse vazinho com essas rosas é da tua varanda? Tão bonita a rosa!!! :)

Querida, a situação lá no meu organismo não está nada bem! Eu e os meus colegas estamos todos muito apreensivos, vamos ver no que vai dar.

Espero que estejas um pouco mais animadita, Amiga. :)

Agora ando eu sem grande ânimo e estou muito cansada, pois tenho trabalhado imenso, é que tive que recorrer a uns part-times para complemento do meu ordenado... Isto está tudo tão mau... Temos que batalhar....

Minha doce Amiga, não desanimes, antes pelo contrário, arranja forças nas provações que vêm até ti... elas servem sempre para qualquer coisa..... sabes, não devemos perguntar o porquê das coisas acontecerem, mas o para quê??....

Abraço a tua alma com imenso carinho

:-)**

Flor

Espaço do João disse...

No Alentejo há realmente troncos enormes e centenários, principalmente de Oliveiras, mas ainda não vi nenhum que se assemelhe ao da phitolacca dioica, Só quem por ele passa pode imaginar.
Belo poema. quanto mais conheço os poetas mais gosto de poesia. Um abraço. João

Carminda disse...

Ell,
quanto ao poema, é bonito e transpira sentimentos.

Quanto ao comentário que me deixou...pode crer que também eu não me esqueço de quem sofre, dos desempregados e, de quem te a barriga vazia...só que, a chorar ninguém consegue melhorar a vida, pois não?

Beijinhos

turbolenta disse...

Belíssimo poema tal qual estas lindas rosas.
E estas são mesmo muito floridas. Tanto botão. As minhas este ano cresceram, cresceram parece que vão para o céu, e só têm dado uma rosa em cada ponta.E como estão no jardim, com esta chuva pouco tempo aguentam.
bom fim de semana

Pena disse...

Linda Amiga:
Uma escrita simples, mas muito profunda de genialidade e encanto
Merece todo o bem-estar do mundo em que difunde ternura, beleza e amizade.
Gostei de ler.
É uma pessoa maravilhosa e doce.
Sabe afagar todos com a sua deslumbrante presença e intensidade poética.
Os meus sinceros parabéns!
Sempre a estimá-la e a arespeitá-la pelo que é.
Beijinhos amigos de pureza pela sua significação aqui e por onde passa.
Tudo de maravilhoso.

pena

rendadebilros disse...

Que rosas mais vistosas!!!

( Era o parque da Sereia, sim!)
Bom feriado!

Luciano Barata disse...

Jardim de sonho flores e simpatia
que em boa hora vim visitar
perdi-me nos cantos dessa poesia
onde apetece até vir morar.

Posso colocar o teu endereço de blog nos meus favoritos? Se sim, diz-me o respectivo endereço.
Obrigado

Bichodeconta disse...

Mas claro que pode colocar ai o meu endereço de blog.. Porque não..Agradeço a visita que espero continuar a merecer.. Volte sempre, sendo do Alentejo , deixo sempre a chave na porta, sinta-se em casa..um abraço no desejo de um final de semana agradável..Ai que eu vou mesmo fazer teatro, melhor eu acho que passei a vida a fazer uma graaaaaaande peça.. Um abraço, ell
http://alvesbesuga.blogspot.com
ebesuga@gmail.com

Rafeiro Perfumado disse...

Acordar no coração de alguém parece-me deveras perigoso...

antonio disse...

No ritmo do coração, obrigado pelas tas palavras lá no meu sítio.

Luciano Barata disse...

Todos nós temos tido papéis distribuídos para a mudança deste País, muito embora, os protagonístas nem sempre estejam a altura...da função;
mas quanto ao teatro, essa porta também eu deixo sempre aberta... mesmo não tenha nascido eu, no além tejo do sul!Em jeito de conclusão digo, que estou, ou estamos sempre em busca de novos futuros actores com ou sem ganas para fazer teatro.

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Ell, linda postagem no seu conjunto... Adorei!!! Beijinhos de carinho,
Fernandinha

JOSÉ NEVES disse...

Ritmos de amor num poema lindíssimo, e tudo de mãos dadas com uma rosa que transporta beleza.

Parabéns.

Grande Abraço.

Huckleberry Friend disse...

Uma rosa é uma rosa é uma rosa... não se explica. Não somos nós assim tantas vezes?