quarta-feira, 26 de março de 2008

Pieguice dirão!!Seja!

Passa o tempo num repente
Fica sempre esta ansiedade
Quando o amor está ausente
Sinto crescer a saudade...
É sempre assim quando te ausentas..Beijos, Ell

15 comentários:

Maria disse...

É sempre assim quando quem amamos se ausenta...
Logo logo ele vem, Ell.

Beijos

Laura disse...

Bolas, o homi nem pode ir arejar e já andas atrás dele de novo..acalma-te muié...o homi foi apenas trabalhar e mais logo vem pra casa..Credo, não sabia que com a nsosa idade fazemos isso...xiça, que piegas ..ê cá na faço nem nunca farei isso, a na ser que troque d ehomi, ai sim, seria capaz ehhhhhh de fazer essas figuras ehhhhhh. Beijinhos.

Gata Verde disse...

Só quem não conhece o amor é que não compreende o que sentes...

Beijocas

Ana Ramon disse...

Não é pieguice... é a sensibilidade do amor
:)))))))))
Beijinhos

pikenatonta disse...

Passei para deixar muitos beijinhos! :)

legivel disse...

sinto crescer a saudade
dum tempo que já passou
às vezes não é da idade
é do que fui e não sou.


sorrisos.

Bichinho disse...

È sempre assim..beijo fantasma.

Laura disse...

ai nã é sempre assim na senhora..há quem nunca tem saudade...nem por um dia...eu que o diga...beijinhos.

David disse...

A saudade não mata mas corroi...

Blog colorido ;)

Beijinho

Lurdes disse...

Qual pieguice,, qual quê?!
Afinal de contas Saudade
É dormir sem saber onde
Chorar sem saber porquê
Falar com quem não responde
Abraçar quem não nos vê.

Beijinhos

Espaço do João disse...

Em tempos, isto é , quando comecei com o blog, o tema principal foi precisamente sobre o amor. Amar e ser amado nada mais sublime. Com a minha madrinha do blog ( Anete Joaquim )em "jardim de pedra" travámos um belo combate. Só não sabe amar , quem nunca soube o que é amor. Fraterno Beijo João.

Laura disse...

Ora pois...
Amam uns
Outros deixam
Para depois!...

jinhos.

Um Momento disse...

E como a saudade é sentida...

(*)

Mocho-Real disse...

Bonita quadra bem ao jeito popular e imagem simples, tocante, de flor campestre.

um abraço.
Jorge P.G.

Sandra Fonseca disse...

LIndo versinho. Na saudade, o amor canta!....
Um abraço.